​O Poder da Arte de Fotografar

  • 13/09/2019
  • 3 Comentário(s)

​O Poder da Arte de Fotografar

Dário Teixeira Cotrim – IHGMC

Este é um livro fantástico! “O Poder da Arte de Fotografar”, do fotógrafo Felicíssimo Tiago dos Santos que traz no seu bojo uma trajetória de sucesso no desenvolvimento da cidade de Rio Pardo de Minas. É um álbum que impressiona pela sua beleza e importância na história “que ficou registrada não só nas fotos, também na alma e no coração do autor”, como bem disse a sua prefaciadora Maria Anésia Elias Dias. Portanto, temos que reconhecer que todo o esforço do autor foi compensado pela qualidade gráfica e pelo conteúdo da obra. Parabéns!

Hoje, a cidade de Rio Pardo de Minas tem uma memória histórica no tempo das mais belas entre todas outras. Graças ao desassossego de Felicíssimo, em procurar de todas as maneiras possíveis a viabilizar a publicação do seu livro. Agora podemos dizer da existência histórica da terra do saudoso Frei Clemente de Adorno, Coronel Edmundo Blunn e do cônego Newton Caetano de Ângelis, em uma obra que certamente vai ficar para sempre como um legado imprescindível às novas gerações. O livro de Felicíssimo traz alguns séculos da história para contemplar outros vindouros na história de nossa querida cidade de Rio Pardo de Minas. Note bem, leitor, que apenas dois prefeitos ficarão eternos na memória do povo rio-pardense – Orlando Santana Afonso, com a publicação de “Efemérides Rio-pardenses”, do cônego Newton Caetano de Ângelis e Marcus Vinícius com a publicação desta influente obra de Felicíssimo Tiago.

Além desses dois ilustres memorialistas – Cônego D’angelis e Felicíssimo – podemos citar ainda o livro de Antonino da Silva Neves “Corografia do Município de Rio Pardo” de 1908 e “Ensaio Histórico do Distrito de Serra Nova” de minha autoria, do ano de 2000. É comum ouvir falar que a cidade de Rio Pardo de Minas tem citação em documento desde o ano de 1553, quando a expedição de Espinosa e Navarro passou pela barra do rio Preto com o rio Pardo, até os dias atuais. O povo de Rio Pardo de Minas precisa descobrir as suas origens e as escolas podem e devem adotar uma forma de divulgar o passado glorioso da cidade para os seus alunos. A política é necessária, entretanto ela causou um mal terrível para esta região, obstruindo o desenvolvimento cultural e intelectual pela falta de uma biblioteca pública bem instalada para o uso dos estudantes e historiadores.

Com o poder da arte de fotografar o povo deve cultivar anseios mais convincentes em benefício dos mais necessitados. A sede do conhecimento sempre será uma preocupação imediata das novas gerações. Nota-se que muita coisa mudou em tão pouco tempo e foi em razão dessa mudança que o confrade Felicíssimo conseguiu editar o livro do seu sonho. Acredito que a cultura irá se solidificar para o encantamento e o aprimoramento daqueles que também sonham com um novo tempo. Rio Pardo de Minas é o berço da história antiga do Norte de Minas, pois os fatos mais importantes aconteceram aqui, lugar do retorno da Coluna Prestes, assunto que figura com destaque nos livros mais influentes da história do Brasil.

Parabéns, Felicíssimo Tiago dos Santos, pela sua obra sobre esta generosa cidade. O seu documentário fotográfico será de grande valia para todos como também para as pessoas do Norte de Minas, em especial para os historiadores e escritores. O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros se sentiu orgulhoso com a sua presença em nossa reunião e, quiçá, um dia você estará fazendo parte desta plêiade de intelectuais. O nosso muito obrigado e o meu amplexo do conterrâneo e confrade!

3 Comentários


Deixe seu comentário


Maristela

14/09/2019

Parabéns Felício! Obrigada Cotrim! Registrar a nossa história é presente para os nossos filhos e para os filhos de nossos filhos.

Fábio Alves

14/09/2019

Excelente trabalho. Uma obra que enriquece, valora e resgata a cultura riopardense ao longo do tempo. Parabéns.

José Eustáquio Sena

16/09/2019

Parabéns amigo

Aplicativos


Locutor no Ar

Elielton Silva

Show da Manhã

08:00 - 11:00

Peça Sua Música

Pedidos Musicais pelo WhatsApp: (38) 99139-3210


Anunciantes