• Super Sequência

    23/09/2017

    Rádio Rio Pardo FM

    Obrigado por ouvir a 87.9 MHz

    É diferente! É legal... É Rio Pardo no rádio

  • Sertanejo Aleatório

    23/09/2017

  • Antônio Júnior

    23/09/2017

  • Jonas Francisco

    23/09/2017

  • Jonas Francisco

    23/09/2017

  • Super Sequência

    23/09/2017

  • Sertanejo Aleatório

    23/09/2017

  • Super Sequência

    23/09/2017

Emater aponta novas alternativas para agricultores de Rio Pardo de Minas

Os técnicos da Emater de Rio Pardo de Minas estão promovendo e estimulando parcerias entre os agricultores do município e os horticultores da região da Matrona no município de Salinas.

Os horticultores da região da matrona, principalmente os tomaticultores estão migrando para o município de Rio Pardo de Minas em busca de maior oferta de água, terras baratas e descontaminadas. A parceria está sendo estimulada pelos técnicos da Emater porque oferece ganhos para os dois lados já que os tomaticultores da Matrona vêm sofrendo com a falta de água para irrigação e com o ataque de pragas e doenças em áreas que já vinham sendo cultivadas com tomate por vários anos consecutivos e por isso estão infestadas por pragas e doenças da cultura.

Para os agricultores de Rio Pardo de Minas são inúmeras as vantagens já que arrendam a terra a preços atrativos e ao final de cada ciclo os tomaticultores mudam de área dentro da própria fazenda deixando a área anterior com solo corrigido e fertilizado já que a lavoura de tomate é altamente exigente em correção e adubação, deixando o solo muito fértil após seu cultivo. As lavouras conduzidas pelos donos da terra em seguida são altamente produtivas e sem custo com adubação. Como se isto não bastasse as lavouras de tomate estão absorvendo a mão de obra das famílias que estão tendo a oportunidade de aprender novas técnicas de cultivo com os experientes tomaticultores da região da Matrona.

Os três primeiros tomaticultores se instalaram nas propriedades de Valdeir Andrade, Paulo Roberto Pinheiro e Francisco José Corrêa(Chicão) e estão muito satisfeitos com os resultados obtidos.

Geralmente a tomaticultura é a principal atividade, mas também cultivam abóbora Japonesa e pimentão.

Como obtiveram bom êxito na parceria e a notícia se espalhou sempre aparecem novos tomaticultores e novos proprietários de terras no escritório da Emater, pedindo apoio no estabelecimento de novas parcerias.